Tudo sobre o Vale Gás

Sobre o Vale Gás

Veja aqui tudo sobre o Vale Gás – O Governo Federal possui alguns programas que auxiliam famílias de baixa renda, caso você pesquise na internet, encontrará entre eles o Auxílio Gás ou Vale Gás, desenvolvido pelo Governo Federal, que teria a função de distribuir um valor para essas famílias.

Este programa ainda continua vigente? Através deste artigo não apenas responderemos essa pergunta, mas tiramos suas dúvidas sobre os tópicos abaixo:

O Auxílio Gás

O Auxílio Gás, também conhecido como Vale Gás, fez parte do grupo de Benefícios distribuídos pelo Governo Federal para famílias de baixa renda, em 2001.

Sendo assim, existiam ao todo três programas, o Vale Gás, o Bolsa-Escola e o Bolsa-Alimentação, eles eram atendidos pela Rede de Proteção Social.

Assim, ambos tinham o objetivo de fazer com que famílias de baixa renda passassem a garantir direitos mínimos para se viver.

Vale lembrar, que o Programa Auxílio Gás era administrado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e alcançou cerca de 4,8 milhões de famílias que também eram atendidas pelos demais Programas.

Em 2021, sob a gestão da Secretaria de Desenvolvimento Social, o programa de proteção social promove a transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg) às famílias em situação de vulnerabilidade em comunidades e favelas.

Como Funcionava o Auxílio Gás?

Por se tratar de um Benefício Governamental, o Auxílio Gás levava uma norma de inscrição muito parecida com o atual Bolsa Família.

Para se cadastrar no Programa Beneficente as famílias de baixa renda precisariam se cadastrar no chamado Cadastro Único das Ações Sociais do Governo Federal para comprovação de renda.

Após o cadastro e comprovação de renda, as mesmas passariam por uma seleção, para determinação das que teriam realmente a necessidade do Benefício.

As famílias teriam uma ajuda de custo de R$15,00 para a compra do gás de cozinha. Lembrando que, em 2001 o gás de cozinha custava torno de R$20,00, e esta ajuda seria a cada dois meses.

A Caixa Econômica Federal era a responsável pela distribuição de cartões magnéticos para que os valores fossem disponibilizados às famílias, igual aos dias de hoje, com o Bolsa Família.

Quem tinha direito ao Vale Gás antigamente

O direito era concedido para famílias de baixa renda, famílias essas que o atual Bolsa Família caracteriza por Famílias frente à Extrema Pobreza ou Pobreza.

Tinha direito também todas as famílias que já participavam dos outros Programas Beneficentes do governo, como o Bolsa-Escola e o Bolsa-Alimentação.

No início de 2002 o programa passou atender famílias que não eram cadastradas nos demais Programas, porém, seguia com uma renda familiar de R$90,00 por pessoa.

O Programa atendeu mais de 9 milhões de famílias e constou com a inscrição de mais de 30 milhões de pessoas no Cadastro Único das Ações Sociais do Governo Federal, atual CadÚnico.

O Benefício também foi responsável pelo pioneirismo quanto a inserção de cartões magnéticos pela Caixa Econômica Federal, e foi o maior responsável pela distribuição dos atuais diversos postos de atendimento do Banco Caixa.

Vale Gás em 2021

Em 2021, sob a gestão da Secretaria de Desenvolvimento Social, o programa de proteção social promove a transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg) às famílias em situação de vulnerabilidade em comunidades e favelas.

Com investimento total de R$ 30 milhões, o benefício do Vale Gás pagará 3 parcelas de R$ 100,00 bimestrais, totalizando R$ 300,00.

Serão beneficiadas 100 mil famílias (cerca de 500 mil pessoas beneficiadas) na pobreza e extrema pobreza (renda mensal per capita de até R$ 178,00) inscritas no CadÚnico (sem Bolsa Família), residentes em comunidades e favelas de diversos municípios paulistas.

Saiba se sua família está inscrita, veja aqui.

Como se cadastrar no Bolsa Família

O Bolsa Família é um dos mais famosos Projetos Beneficentes do Governo Federal, e ajuda mensalmente cerca de 3,4 milhões de pessoas da extrema pobreza e 3,2 milhões da pobreza.

O Programa teve seu início em outubro de 2003, e foi convertido em lei em abril de 2004, se tornando um direto da população.

Parecido com o Vale Gás, o Bolsa Família conta com o depósito de um valor para famílias em situação de pobreza do país.

O cadastramento do Bolsa Família acontece de maneira parecida com o Programa Vale Gás, através de uma inscrição no Cadastro Único.

A seleção é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social públicos e seu pagamento ainda é regido pela Caixa Econômica Federal.

Quanto às demais dúvidas, as famílias poderão sanar através do aplicativo para dispositivos móveis e site da Caixa Econômica Federal.

Também poderão tirar dúvidas no número 0800 726 0207 e acessando a Caixa pelo Google Assistente.

Além destas plataformas, existem também os e-mails:

  • Para dúvidas referente ao Bolsa Família e Cadastro Único;

gestorpbf@mds.gov.br

  • Para perguntas exclusivamente referente ao Cadastro Único;

cadastrounico@mds.gov.br

  • Para informação sobre a frequência escolar das crianças e jovens.

frequenciaescolar@mec.gov.br

Quer informações sobre o Bolsa Família, veja aqui.

Veja esse vídeo do Aplicativo Bolsa Família:

Contudo, se você gostou do artigo VOTE e em seguida COMPARTILHE.

você pode gostar também

Esse site usa cookies. Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade